Viagem ao Uruguai no verão - Paraguai e Uruguai,

Tracklogs de uma viagem ao Uruguai passando pelo sul do Brasil e acampando na maioria das vezes.

Veja os tracklogs para ter uma idéia do trajeto.

A viagem foi feita no mes de Janeiro, época mais quente e seca. Lembrar que fora do verão a maioria dos campings está fechada.

A ida foi feita pelo interior do Paraná e Santa Catarina. Paramos em Urubici para alguns passeios ficando na Pousada das Flores. Depois seguimos pela serra até o Rio Grande do Sul. Nesse trajeto passamos por regiões muito bonitas e pouco habitadas. Um destaque de nosso trajeto é o "desnível dos rios", marcado no tracklog.

Descemos pela Serra da Rocinha e paramos no Balneário Gaivotas por uma noite. Em seguida continuamos pela BR-101 até entrar na RS-101. Como havia vento sul não pudemos seguir pela praia com haviamos planejado. Paramos ainda uma noite em S. José do Norte em uma pousada de praia. Cruzamos para Rio Grande e acampamos em Cassino (camping dos ferroviários). A cidade é agradável, mas a praia não é muito boa. Como o vento havia virado seguimos pela praia até o Balneário Hermenegildo, 200 km. O trajeto é tranquilo com poucos trechos de areia mais fofa. Dali até a fronteira é um pulo.

No Chui fizemos a carta  verde e os tramites de fronteira. Tudo muito rápido. Ainda aproveitamos para encher o tanque pois o diesel no Uruguai é muito caro. Também trocamos reais por pesos uruguaios pois o cambio ali é muito favorável ao Real. Nosso plano era viajar sem plano, parando onde nos parecesse agradável e tranquilo.

Entramos no Uruguai e fomos direto ao Forte Sta. Tereza. Não paramos no camping do Forte Sta. Tereza e nos arrependemos, é um local bem aprazível.

Seguimos pela costa atlantica parando em balneários e procurando pelos locais mais tranquilos, como Pedreras, La Paloma e Punta Ballenas. Recomendamos ir bem devagar por essa costa curtindo cada praia e acampando. Os campings uruguaios são excelentes e baratos. 

Para dar uma idéia; acampamos entre Pedrera e La Paloma e dava para ir andando pela praia até esses dois balneários. É uma caminhada de uns 5 km pela praia.

Depois fomos a Colonia del Sacramento por ser uma cidade histórica. Passamos por fora de Montevideo, pois já conheciamos essa cidade. O caminho passa por Santa Lucia e San Jose de Mayo que valem a pena visitar. Ficamos um pouco decepcionados com Colonia porque não há muitos vestígios da ocupação portuguesa e poucos prédios restaurados. Um dia é suficiente para ver tudo.

De lá seguimos agora pela costa de rio, onde também há belas praias. Passamos em Villa Soriano, um sitio histórico mas muito desolado. Decidimos acampar em Las Canas, perto de Fray Bentos. Um bom camping. Depois de uns banhos de rio seguimos no dia seguinte para Paso de los Toros. No caminho passamos por uma represa onde se podia acampar também.

Em Paso de los Toros encontramos um excelente camping à beira do rio. Também havia um excelente (e barato) restaurante na cidade. A noite foi um pouco ruidosa porque toda a cidade desceu para a beira do rio para se distrair, mas isso é normal por aquelas bandas.

De Paso de los Toros seguimos rumo norte. Cruzamos com uma "carrera de bicicletas" na estrada. Abastecemos em Tacuarembo e depois alcançamos a fronteira. Antes de cruzá-la paramos em um grande super mercado para torrar os pesos uruguaios comprando vinhos chilenos e argentinos.

Um conselho para quem for viajar pelo Uruguai. Ande "com o freio de mão puxado", ou seja vá devagar pois o país é pequeno e deve ser curtido aos poucos. Os uruguaios são muito tranquilos e nos receberam muito bem. A comida nos restaurantes é farta e barata, mas os hotéis (quando há hotel) são muito caros. Em muitas capitais de Departamentos não há hotéis, mas há sempre um camping municipal ou particular. Se viajar acampando e comendo em restaurantes não vai gastar muito. 

É importante lembrar que no outono e inverno quase todos os campings estão fechados. Se for nessa época verifique antes se eles estão abertos nos sites dos campings ou das cidades por onde vai passar .

O conjunto de tracklogs contem alguns waypoints de interesse.






© 2009 - 2017 Viajantes 4x4 , Todos os Direitos Reservados